OAB

Quais as faculdades que mais aprovam na OAB?

Quais as faculdades que mais aprovam na OAB?

Na hora de escolher onde fazer um curso de Direito, uma das primeiras perguntas feitas pelos estudantes é: quais faculdades mais aprovam na OAB?

Isso porque, para atuar na iniciativa privada como advogado ou poder concorrer em concursos públicos, o bacharel precisa ter a carteirinha da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Sem a aprovação no Exame da Ordem, apesar de formado, o advogado não pode atuar nesses cargos.

A pesquisa Exame de Ordem em Números, divulgada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil e pela Fundação Getulio Vargas (FGV), organizadora da prova desde 2010, rankeou quais faculdades que mais aprovam no Exame da OAB. Para o estudo, foram levados em conta o II ao XXIX Exame da Ordem.

Nele, aparecem as instituições de ensino com 100 candidatos para cima. Isso porque, em caso de uma universidade que tivesse apenas um inscrito, por exemplo, se ele fosse aprovado significaria uma taxa de aprovação de 100%, o que colocaria a instituição acima de todas as outras no ranking.

Confira os rankings abaixo!

Quais as faculdades que mais aprovam na OAB?

Primeiramente, uma das informações que mais chama a atenção é que apenas 6% dos inscritos são oriundos de faculdades públicas, enquanto os das particulares são 94%. Além disso, 13% dos aprovados são de universidades públicas, diante de 87% das instituições de ensino particulares.

Isso comprova, portanto, que os alunos provenientes da educação superior pública tem 39% de taxa média de aprovação, contra 17% das instituições privadas.

Por outro lado, para a lista a seguir, foram levadas em conta apenas os três últimos exames considerados pela pesquisa (XXVII, XXVIII e XXIX).

Aqui, também falaremos apenas das 10 primeiras, mas a pesquisa completa vai até 100 instituições.

10 faculdades que mais aprovam na OAB

Nome da instituição UF Natureza Inscritos  Aprovados Taxa de aprovação média
Universidade de São Paulo –
Ribeirão Preto
SP Pública 127 101 79,5
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho SP Pública 155 111 71,6
Universidade de São Paulo SP Pública 632 433 68,5
Universidade Federal
de Pernambuco
PE Pública 300 205 68,3
Universidade Federal de Minas Gerais MG Pública 387 263 68
Universidade Federal
do Espírito Santo
ES Pública 134 90 67,2
Universidade Estadual de Maringá PR Pública 220 141 64,1
Universidade de Brasília DF Pública 351 223 63,5
Universidade Estadual
do Norte do Paraná
PR Pública 111 69 62,2
Faculdades Integradas de
Vitória
ES Privada 237 147 62

Percebe-se, portanto, que a única instituição privada a entrar no top 10 é a Faculdades Integradas de Vitória. Na classificação completa, as outras duas particulares que entram entre as 30 universidades que mais aprovam são a Escola de Direito de Brasília, em 28º, seguida pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, em 29º.

Já em relação às instituições públicas, o grande destaque vai para a USP, que ocupa primeira e terceira posições, e a Unesp, em segundo lugar.

No resultado total, 45 das universidades são privadas e 55 são públicas. Em relação às regiões, mais de 60% delas correspondem a Sul e Sudeste. Os mais de 30% estão distribuídos pelas outras regiões do Brasil.

Quais as faculdades que mais aprovam na OAB (regiões)

Quais faculdades particulares mais aprovam na OAB?

O estudo também listou as 10 instituições privadas que mais aprovaram na OAB do XXVII ao XXIX Exame de Ordem Unificado.

Lembrando que, na pesquisa completa, também é apontada até a 100º posição, levando em conta faculdades que tenham tido mais de 100 inscritos nessas três edições.

10 faculdades particulares que mais aprovam na OAB

Nome da instituição UF Natureza Inscritos Aprovados Taxa média de aprovação
Faculdades Integradas
de Vitória
ES Privada 237 147 62
Escola de Direito de Brasília DF Privada 191 96 50,3
Pontifícia Universidade
Católica do Rio de Janeiro
RJ Privada 423 212 50,1
Pontifícia Universidade
Católica de São Paulo
SP Privada 1.123 548 48,8
Faculdade de Direito
Milton Campos
MG Privada 492 229 46,5
Faculdade Baiana
de Direito e Gestão
BA Privada 239 106 44,4
FAESA – Faculdades Integradas Espírito-santenses ES Privada 198 86 43,4
Faculdade de Ciências
Econômicas
SP Privada 183 79 43,2
Escola Superior de
Administração, Marketing e
Comunicação de Sorocaba
SP Privada 105 45 42,9
Escola Superior Dom
Helder Câmara
MG Privada 814 334 41

10 faculdades que mais aprovam na OAB em números absolutos

A pesquisa ainda lista as 100 primeiras faculdades com mais aprovações em relação ao número absoluto de aprovados oriundos de cada uma entre o XXVII e o XXIX EOU.

Nome da instituição UF Natureza Inscritos Aprovados Porcentagem aproximada
Universidade Paulista SP Privada 11.779 1.883 16%
Universidade Estácio de Sá RJ Privada 10.180 1.816 17,8%
Universidade Presbiteriana Mackenzie SP Privada 2.878 1.127 39,2%
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais MG Privada 4.142 1.052 25,4%
Centro Universitário das Faculdades
Metropolitanas Unidas
SP Privada 5.344 1.026 19,2%
Pontifícia Universidade Católica de Goiás GO Privada 3.457 890 25,7%
Centro Universitário de Brasília DF Privada 2.670 805 30,1%
Universidade Nove de Julho SP Privada 5.239 669 12,8%
Universidade Cândido Mendes RJ Privada 3.640 632 17,4%
Pontifícia Universidade Católica do Paraná PR Privada 2.033 621 30,5%

Se na lista que considera pelo menos 100 inscritos, em relação aos números absolutos, o processo é inverso: todas as 10 primeiras são faculdades particulares. Apenas a USP aparece em 18ª e é a única entre as 20 primeiras.

Outro fator importante para entender isso também é o número de instituições por região, o que explica o alto índice da Região Sudeste.

Onde estão os cursos de Direito no Brasil

Segundo dados de 2017, na Região Sudeste estão 42,2% dos cursos de Direito (45,3% de instituições privadas e 22,5% públicas).

Em seguida, vem o Nordeste, com 20,5% (18% privadas e 36,3% públicas); Sul com 20% (21,2% privadas e 11,9% públicas); Centro-Oeste com 10,6% (9,7% privadas e 16,3% públicas) ; Norte com 6,7% (5,8% privadas e 13% públicas).

Essa distribuição está ligada a fatores como tamanho da população jovem, renda média regional e potencial do mercado de trabalho. Por exemplo, no Nordeste está 30% da população brasileira entre 18 e 24 anos, idade considerada ideal para o ingresso no ensino superior.

Quer colocar a sua faculdade entre as que mais aprovam na OAB? Conheça o software da EduQC!

Deixe um comentário