Dicas

3 técnicas para ajudar você a não esquecer o que estudou

Por julho 22, 2020Sem comentários
3 técnicas para ajudar você a não esquecer o que estudou

Já passou por isso? Ficou horas estudando e quando chegou a hora da prova esqueceu completamente algumas partes do conteúdo? A boa notícia é que existem técnicas que podem ajudar você a não esquecer o que estudou.

Nesse texto, você não encontrará o método infalível para acabar com o esquecimento. Infelizmente, isso ainda não foi inventado.

Mas, de fato, existem técnicas que podem ajudar (e muito) você a fixar o que precisa e ter menos chances de esquecer.

Sua memória vai mal na hora de estudar? Saiba que é possível sim melhorar essa questão.

O caminho para evitar o esquecimento da matéria não está ligado à quantidade de horas estudadas por dia, mas sim como você trabalha o conteúdo naquele momento.

Depois dessa mini explicação, sem mais delongas, confira as 3 técnicas de memorização que podem ajudar você a não esquecer mais o que estudou.

1 – Técnica de Feynman

Essa técnica é simples e ajuda tanto no processo de aprendizagem, como também é um exemplo de técnica de memorização. Ela foi desenvolvida pelo físico Richard Feynman, ganhador do Prêmio Nobel e consiste em 4 passos:

1. Defina o assunto a ser estudado

Após escolher o assunto, separe uma folha de papel e coloque tudo que você sabe sobre esse assunto. Procure escrever no papel do seu jeito, sem termos técnicos ou rebuscados.

Talvez, nesse primeiro momento, você encontre alguma dificuldade por não dominar o tema por completo. Mas o objetivo é descobrir o que você sabe e não sabe.

2. Ensine ou finja ensinar esse assunto para alguém leigo

Agora, pegue a sua folha e comece a ensinar o assunto para essa pessoa ou finja estar ensinando para alguém (falando em voz alta como se fosse uma aula).

Dificuldades podem aparecer, talvez até lacunas para explicar alguma parte, mas esse é o processo normal.

3. Diagnóstico 

Sabe as dificuldades que você teve para ensinar? Pegue esses pontos, volte para o seu material teórico, estude-as e complete a sua folha.

4. Revisão

A última etapa é a revisão. Agora, pegue a folha inicial e reformule com os novos conhecimentos, comece uma do zero como se estivesse preparando uma aula para uma pessoa leiga.

Tente repetir o processo de “fingir” ser um professor e ensinar o assunto. Quanto mais segurança você adquirir na hora de explicar o tema, mais decorado e memorizado ele estará. 

Quatro passos da Técnica de Feynman2 – Desenvolva acrônimos ou acrósticos

Calma, caso você não saiba o que é isso, fique tranquilo! Não são nomes de comida, são técnicas bem legais de associações de palavras.

Acrônimos

Lembram muito as siglas. São palavras formadas através da junção de letras ou sílabas e funcionam como formas de você memorizar nomes mais complexos.

Por exemplo, NASA, que significa:

National Aeronautics and Space Administration.

Acrósticos

Esses encontramos muito em poemas e cartas de parabéns com o nome do aniversariante. A ideia é parecida com o Acrônimo, mas a apresentação visual é diferente. Exemplo de um:

Quem praticar improbidade administrativa irá para PARIS 

Perda de função pública
Ação penal cabível
Ressarcimento do erário
Indisponibilidade dos bens
Suspensão dos direitos políticos

Você também pode usar e abusar da criação de mapas mentais e flashcards, colocando a disposição para usar na sua revisão.

Todo esse conjunto parte de utilizar a visualização e organização dos assuntos como uma técnica de memorização.

3- Crie músicas com os assuntos estudados

Ah, fala sério, já é difícil estudar para concurso e você ainda quer que eu produza músicas?

Olha, se você faz parte daquele grupo que decora todas as letras de música sem menor problema, por que não utilizar isso ao seu favor?

Pegue os temas mais complicados de entrar na sua cabeça e encaixe no ritmo da sua música favorita.

Ao cantar e decorar a letra, você pode buscar sempre essa informação cantando a música com a letra do seu estudo.

Não deu certo para você? Calma, o importante é testar e descobrir qual é a melhor técnica de memorização para você e seu estudo.

Lembre-se, estudar é conhecer mais de si mesmo. Com o tempo, você saberá qual é o melhor processo para o seu aprendizado e irá esquecer menos o que estudou.

E você ainda pode contar também com a tecnologia para estudar para concursos para otimizar seu processo de estudos, sabia disso?

Bons estudos! 

Deixe um comentário