ConcursosDicas

Os 8 vilões dos concurseiros

Por abril 3, 2019agosto 7th, 2020Sem comentários
Quais os oito viloes do concurseiro

Você sabe quais são os vilões dos concurseiros? A vida de quem estuda para concursos pode ser comparada a um conto de fadas tradicional.

Temos a personagem principal, o guerreiro, que quer atingir o seu objetivo de ser aprovado no final da história, um enredo cheio de altos e baixos e temos não só um, mas diversos vilões que podem atrapalhar a nossa jornada.

Para que você prepare os seus instrumentos de combate e esteja pronto para ser um concurseiro aprovado, separamos uma lista com 8 vilões com os quais você vai precisar lutar durante essa saga.

Não permita que a sua história de vitória se transforme em um conto de terror! Prepare-se e lute contra os vilões.

1. A falta de rotina

Para chegar a um objetivo, é preciso ter uma rotina. Esse é um fato que todo concurseiro já está cansado de saber. Então, por que não torná-la uma aliada em prol da sua aprovação?

A rotina surge a partir do hábito. Esse, por sua vez, é criado quando repetimos frequentemente alguns de nossos atos.

O hábito é formado por gatilho, rotina e recompensa. O gatilho avisa ao cérebro que ele pode agir de modo automático e isso o incentiva a estudar.

A recompensa ou objetivo é o motivo de fazermos o que fazemos. Saber que estamos nos dedicando a algo que valha a pena, traz conforto psicológico.

Tudo isso vai condicionando o nosso corpo e cérebro, fazendo com que o que antes era uma obrigação, se torne algo automático, sem esforço.

Encare a rotina como uma jornada e não um fardo. Isso ajudará a manter o foco.

2. Distrações

Sabemos que o nosso conto de fadas é moderno e que nossas personagens vivem constantemente conectadas, porém esse pode ser um dos principais vilões dos concurseiros.

Sim, é importante estar ligado no que está acontecendo mundo afora e saber das atualidades, mas não o tempo todo, não é mesmo?

Separe um horário do seu dia para utilizar as redes sociais ou se utilize dos tempos de descanso para isso, sempre atento para que uns meros minutinhos não se transformem em horas.

Desligue também o seu telefone, a televisão e músicas. Fique longe de revistas, livros que não têm a ver com o assunto estudado e tudo que possa distrair você.

Acredite, até mesmo um bichinho de estimação consegue desconcentrar o concurseiro mais focado, então, fique atento!

3. Fobia

Muita coisa se passa na cabeça do concurseiro. E não tem muito como ser diferente: o estudante sofre pressão de todos os lados e acaba fazendo muita cobrança em torno de si mesmo.

Com essa cobrança e com o medo de não passar, o concurseiro fica pensando demais em como vai ser a prova e acaba por desenvolver diversas situações em sua mente que prejudicarão seu desempenho. Fuja disso.

4. Ansiedade

Esse vilão anda lado a lado com a fobia. À medida que os medos e anseios tomam conta de você, a ansiedade começa a fazer parte de você, atrapalhando, principalmente na hora de dormir.

Quem nunca virou noites criando situações hipotéticas e imaginando como deveria ter feito tal coisa diferente?

Dessa forma, o concurseiro tem menos horas de descanso e o seu estudo do dia terá sido em vão. Dormir faz com que você processe o que foi estudado e renove as energias para os estudos do dia posterior.

Tente descansar de forma adequada.

5. Comida

A ansiedade faz com que a pessoa crie diversos distúrbios e uma das áreas mais afetadas por eles é a alimentação.

O nervosismo faz com que muita gente acabe descontando na comida e, por isso, alguns concurseiros acabam ganhando alguns quilos durante a jornada de estudos.

Uma dica importante é: evite idas excessivas à cozinha e opte por uma alimentação mais leve, com alimentos que terão uma digestão menos complexa.

A má digestão é um dos vilões pois atrapalha na concentração dos concurseiros. Alimentos leves ajudam a nos sentirmos mais dispostos e despertos para manter a rotina de estudos após a refeição.

6. Ambiente

Outro vilão muito comum é o ambiente. Há muitos concurseiros que, mesmo após anos estudando, ainda não sabem qual é o local mais adequado para estudar.

A sugestão é que o lugar escolhido seja silencioso e confortável, não extremamente confortável, a ponto de deixar você sonolento, mas que tenha boa iluminação e temperatura ambiente.

Retire tudo que não tem a ver com o seu momento de estudos de perto e mantenha esse ambiente organizado sempre.

7. Falta de Motivação

Quem está se preparando para um concurso público sabe que a jornada é custosa e demorada, por isso, é comum se sentir desmotivado um vez ou outra.

Essa desmotivação passa pela mente do concurseiro por causa de anseios, dúvidas e fobias que surgem ao longo do caminho.

Para passar pelo desânimo da melhor forma é importante ter a cabeça forte e manter o foco em seu objetivo.

Uma forma de facilitar seu percurso é, de alguma maneira, materializando seu objetivo final. Você pode usar uma foto ou objeto que lembre o real motivo de sua dedicação.

Uma coisa imprescindível e que auxiliará bastante é ter pessoas que o incentivam nessa jornada árdua. Escolha bem quem você quer ter ao seu lado durante a sua trajetória rumo ao sucesso.

8. Vida caótica

A aprovação em um concurso público não adiantará em nada se a sua vida estiver uma bagunça. Fortaleça a sua mente e peça apoio das pessoas que estão ao seu redor.

Sair com os amigos e familiares é bom, mas se encher de compromissos sociais durante sua jornada de estudos pode ser prejudicial ao seu desempenho.

Lembre-se de que você tem um objetivo pelo qual está lutando todos os dias e organize seu tempo, separando o que é necessário para seus estudos, trabalho, atividade física e vida social.

Ao conseguir administrar tudo isso, perceberá que seus estudos renderão bastante.

Prepare-se, mantenha o foco e vença os vilões dos concurseiros que querem te afastar do seu objetivo: a aprovação.

Precisa de ajuda para se organizar? Fale com a gente e conheça a EduQC Concursos.

Oito viloes do concurseiro

Deixe um comentário