ConcursosDicas

Como estudar o que realmente cai na prova?

Por fevereiro 7, 2019setembro 15th, 2020Sem comentários
Estudar o que realmente cai na prova

Em algum momento, você já deve ter pensado como seria bom estudar o que realmente cai na prova do seu concurso, correto?

Primeiro, é bem provável que você já tenha passado por esta situação: você organiza um cronograma de estudos, o segue, se prepara, foca, porém na hora da prova, parece que ela foi feita baseada em um edital completamente diferente do que você estudou.

Saiba que você não está sozinho nessa. Infelizmente, isso acontece com mais frequência do que muitos estudantes gostariam. Mas isso não deve ser motivo para desânimo ou desistir de mudar sua vida de uma vez por todas.

Mesmo que pareça uma tarefa complicada, identificar os principais temas que podem cair na prova, é mais simples do que aparenta.

Separamos algumas dicas para ajudar quem deseja alcançar o sonho de se tornar um servidor público a estudar o que realmente cai na prova. Confira!

1. Conheça a banca examinadora

O volume de capítulos de livros, súmulas, decretos e outros que você encontrará até a sua aprovação, é imenso. Por isso, estar de olho na banca examinadora é muito importante.

Para estudar o que realmente cai na prova, é preciso dedicar um tempo pesquisando o modo como a banca aplica as provas.

Após determinado tempo de análise, será mais simples começar a perceber as questões mais vitais de cada assunto e que, consequentemente, serão perguntadas na prova.

Obviamente, em algum momento, detalhes serão cobrados, mas a chance de cair na prova os pontos principais, sem os quais não é possível entender o que se está estudando, é grande.

2. Não estude só teoria

Compreender a importância de uma metodologia de estudos é fundamental para quem deseja estudar o que realmente cai na prova.

Decorar e repetir teorias não leva ninguém até a aprovação. Isso é fato.

A teoria é importante, mas a prática é determinante para fixar o que foi estudado na memória.

Você deve, ao terminar de estudar um capítulo, ser capaz de reproduzi-lo com suas próprias palavras.

Dica: Explique a matéria estudada a si mesmo em frente ao espelho. Pode soar como algo “bobo”, mas no fim das contas, você terá a habilidade de explicar tudo que estudou tranquilamente.

Não tenha medo de errar, pois é assim que se aprende. Fazer suas próprias questões, perguntar outras e seguir em frente, é o caminho certo para estudar o que realmente cai na prova.

Escolher uma técnica de estudos que melhor se encaixe no seu aprendizado é uma dica importante.

Existem algumas técnicas de estudos bem funcionais para aqueles que desejam estudar o que realmente cai na prova, como: mapas mentais, fichas interativas, resumos e afins.

Dicas para estudar

3. Estude as provas anteriores

Obviamente a prova que você fará não será totalmente igual a anterior, mas estudá-la vai servir de base.

É interessante que se estude de três a cinco concursos anteriores. Isso ajuda a ter uma boa noção do que esperar da prova atual.

Esgote os simulados e saiba responder as questões dos concursos anteriores sem dificuldades.

Preparando-se dessa forma, ficará mais fácil ter uma boa surpresa na hora da prova.

4. Responda no seu tempo

Há questões complexas e que demandam mais tempo para serem respondidas corretamente. Mas também há outras que são demoradas e que quase nunca caem na prova.

Ficar parado em questões assim pode ser uma “perda de tempo”, enquanto se poderia estar focando em estudar o que realmente cai na prova.

Por isso, é importante conseguir cobrir o máximo de questões possíveis sobre uma determinada matéria.

Como já falamos, uma dica é observar o comportamento da banca examinadora e responder o máximo de questões que conseguir de concursos passados.

Agora, sabendo estudar o que realmente cai na prova, você deve fazer uma análise sobre como está a sua preparação para o concurso dos seus sonhos.

Descubra se você precisa de uma consultoria para concursos e conheça um pouco mais sobre a nossa.

Deixe um comentário