DicasPolicial

Aprovado para Agente e Perito dá dicas para passar na PF

Por junho 27, 2018agosto 5th, 2020Sem comentários
Aprovado concurso PF

Diante da chance de autorização do concurso da Polícia Federal, surge uma expectativa para a prova. No entanto, a ansiedade e agitação nessas horas podem ser grandes inimigas. Por isso, ter dicas de quem foi aprovado na PF pode ser um trunfo para ter mais tranquilidade no seu planejamento.

A realidade é que, muitas vezes, ser aprovado consiste em ter atenção a etapas básicas de estudo que, quando bem aplicadas, podem trazer bons resultados.

Victor Maia, fundador da EduQC, aprovado nos concurso de perito e agente da Polícia Federal (PF), possui quatro dicas de estudos que foram essenciais para a sua aprovação.

Confira as dicas do aprovado na PF!

1 – Esteja preparado para estudar

Estudar não é uma tarefa trivial. Seu corpo deve estar preparado para que você consiga estudar sem estresse e consiga se manter motivado na sua jornada.

Por isso, a dica é prestar atenção na sua alimentação, sono, se você tem feito atividades físicas, e etc.

Lembre-se, uma mente sã depende, antes de tudo, de um corpo com bom funcionamento.

2 – Estude tudo

É fato que alguns assuntos são mais habituais que outros. Estudar apenas o que cai mais pode até fazer com que você faça uma boa prova, mas isto não será o suficiente.

Você deve dar preferência, e não exclusividade, aos assuntos que aparecem com maior frequência.

A prova não vai ser decidida naquela questão manjada de Direito Constitucional que está em todas as apostilas.

O que vai separar os futuros agentes (ou peritos) da Polícia Federal daqueles que só tentaram, são justamente as questões dos assuntos que menos pessoas dominam.

3 – Chutar ou não chutar?

Analise item a item e responda o que você acha correto. Estatisticamente falando, a melhor estratégia é não deixar nenhuma questão em branco.

Isto não é achismo, mas sim um raciocínio matemático que, depois de entendido, é até bem simples.

Nas bancas mais importantes, as técnicas de chute não funcionam mais. Elas usam a Teoria de Resposta ao Item, conhecida como TRI, que calcula quais questões medem melhor a proficiência.

As bancas, inclusive, se esforçam para remover pegadinhas, ao contrário do que todos pensam.

Outro mito é que se deve deixar questões em branco para não correr o risco de perder pontos no Cebraspe (antigo Cespe). A estratégia é marcar sempre o que você acha que é a resposta correta.

Ter a mais vaga ideia do assunto já te deixa mais próximo do acerto do que do erro.

4 – Como saber que estou indo no caminho certo?

Este tópico é extenso e poderíamos escrever livros inteiros só sobre este tema. O seu método de estudos precisa de três características:

  • Você deve saber exatamente o que tem que fazer para chegar mais perto do seu objetivo.
  • Precisa ter um feedback imediato para saber se o que você acabou de fazer ajudou a melhorar suas chances no dia da prova.
  • Seu método deve ter dificuldade mediana. Nem muito fácil, nem muito difícil.

Nenhuma fórmula é infalível e a rotina de estudos deve ser flexível, de acordo com a necessidade de cada um.

A plataforma da Eduqc, que usa a inteligência artificial para montar um plano de estudos adaptado às suas necessidades, pode ajudar você nessa! Já conhece? Comece a estudar agora com a EduQC Concursos.

Dicas essenciais concurso PF

Deixe um comentário