ConcursosDicas Concursos

Estudar para concurso resolvendo questões funciona?

Por novembro 24, 2020Sem comentários
Estudar para concurso resolvendo questões

Estudar por questões é uma técnica universal. Mas você já se perguntou se estudar para concurso resolvendo questões realmente funciona?

O ideal é que, em seu processo de aprendizagem, o candidato não use apenas meios passivos de estudo, como ter atenção apenas à leitura da teoria. O conhecimento precisa ser colocado em prática para trazer resultados concretos.

Neste post, vamos esclarecer porque estudar por questões é um bom método e como pode ajudar até mesmo no seu material de revisão. Confira!

Estudar por questões funciona?

Segundo uma pesquisa realizada em 2014 pela EduQC com mais de 32 mil dados coletados ao longo de 30 meses, o resultado do estudo prático – resolução de questões, simulados e discursivas – comparado ao estudo da teoria é 37% superior, ficando atrás apenas da revisão, com 45%.

Então, sim, estudar para concursos resolvendo questões realmente funciona.

Quais os benefícios de estudar por questões?

Para evoluir e se desenvolver no aprendizado, é necessário que o estudante faça um estudo ativo e produza o seu próprio material. Mas como estudar por questões pode ajudar nesse aspecto?

A resolução de questões deve ser frequente, mas os erros e as dificuldades precisam ser esclarecidos de forma eficiente e de maneira que favoreça o processo de aprendizagem.

Por exemplo, errou a questão? É preciso entender o porquê e incluir no seu material. Esse processo ajudará o concurseiro a fixar o conteúdo e ainda o terá disponível, se precisar novamente.

Ficou em dúvida? É preciso revisar o assunto da mesma forma. Assim, você entenderá melhor. Com o tempo, tudo será aos poucos memorizado.

Ou seja, estudar por questões é uma das formas de estudo ativo, desde que o estudante aprenda com os seus erros ao produzir e melhore constantemente o seu material de estudos.

Quando nós temos dificuldade, é preciso utilizar estratégias para desenvolver a memória e o processo de aprendizagem.

Como estudar para concurso por questões?

Antes de começar a estudar por questões, é fundamental também realizar um estudo por ciclos e com uma quantidade que atenda às suas necessidades.

Estudar várias disciplinas de uma vez, com um número maior para evoluir, deixa o processo mais lento e complicado.

Nosso conselho é ter um estudo embasado e antecipado a qualquer edital, buscando tornar as proficiências competitivas de maneira orgânica, incluindo outras matérias na medida em que evoluir.

O estudo é uma sequência. Você não vai entender pontuação, se não souber diferenciar as orações, que, por sua vez, precisa dos conceitos de morfologia.

Então, é necessário começar do início, entender o que é uma frase, quais são todas as classes gramaticais, o que é uma oração.

Não tenha medo de recomeçar, caso precise. Produza o seu material durante todo o processo. Até que tudo faça sentido para você, será necessário voltar e revisar.

Ainda está perdido? Tente dividir o seu estudo por questões em quatro passos:

  1. Selecione as questões das provas de concurso público que precisam de sua atenção.
  2. Procure a resposta para cada questão.
  3. Faça uma marcação ou observação ao lado do parágrafo do livro (ou da lei) com o nome da banca e o ano da prova. Dessa forma, você se assegura que essa questão deve ter a sua atenção.
  4. Repita os passos acima com absolutamente todas as questões. A partir das marcações, você saberá o que deve estudar a fundo.

Como revisar por questões?

Muita gente lê comentários de outras pessoas em questões. É normal encontrar na internet videoaulas com professores comentando provas anteriores ou até mesmo cadernos de questões comentados.

Não é que você não possa usar esse tipo de material. Mas o ideal é produzir os seus próprios comentários para que realmente ative a sua memória e o processo de aprendizagem.

Lembra que comentamos que, segundo a pesquisa, a revisão tem resultados 45% superiores que outras técnicas de estudo?

A nossa dica é: use as questões e o material produzido através delas também para revisar.

Estudo por questõesComo estudar por questões discursivas?

Se as questões objetivas já deixam os candidatos nervosos, as discursivas então, nem se fala.

Separamos cinco dicas para o dia da prova, mas que já podem ser colocadas em prática durante o estudo com questões discursivas.

Se já é importante treinar as objetivas para no dia você estar craque, o mesmo vale aqui, talvez até com mais intensidade!

  1. Leia atentamente o enunciado da banca e se mantenha no assunto.
  2. Tenha cuidado com discursos inflamados e paixões desenfreadas por determinadas causas.
  3. Fique atento às palavras-chave e as insira em sua questão discursiva.
  4. Tenha muito cuidado para não cometer erros de Português.
  5. Demonstre autonomia de pensamento ao escrever.

A estrutura da resposta também é muito importante. Ela não deixa de ser uma espécie de texto, ainda que menor que uma redação.

Uma boa resposta precisa ter uma linha de raciocínio lógica para que o corretor consiga acompanhar o que você pensou enquanto escrevia. Imagina só saber o conteúdo, mas ter uma questão tida como errada por não conseguir explicar?

Estruture sua resposta em introdução, desenvolvimento e conclusão, assim como faria em uma redação.

Também fique atento:

  • Não escreva parágrafos muito longos. Quanto mais escrever, maior a possibilidade de erros e desconexão.
  • Um bom parágrafo tem de três a quatro linhas. Use somente as palavras que conhece. Não queira mostrar uma falsa erudição e correr o risco de cometer gafes que podem comprometer todo o seu desenvolvimento.
  • Atente-se ao tema e aos argumentos que escreveu na introdução. Muitos divagam sem perceber.
  • Conhecer o assunto sobre o qual irá escrever contribui para que a discursiva seja ainda melhor. Por isso, ao inscrever-se para um concurso, fique atento aos temas mais atuais e obtenha o máximo de informação possível.
    Se possível, faça sempre um rascunho da redação.

Como estudar por simulados? Por que estudar com simulados?

Ao fazer simulados, o aluno deve fazer o mesmo processo. Verificar o que errou e melhorar o seu material de estudos com os conceitos que teve dúvidas.

Dessa forma, seu material de revisão, produzido por ele, estará cada vez mais completo.

Essa é uma das técnicas que ensinamos na EduQC, com o objetivo de criar um mundo de autodidatas.

O aluno produz o seu próprio material e aumenta o número de disciplinas estudadas pouco a pouco à medida que fica competitivo nelas.

Onde estudar por questões de concurso?

Uma dúvida comum é não saber onde encontrar questões de concurso para estudar.

O software da EduQC concursos também trabalha com a resolução simulados, com o diferencial de fornecer o seu resultado e onde precisa melhorar.

Conforme falamos, o estudo por questões é um termômetro. Se você não acerta os exercícios de um determinado assunto, significa que precisa voltar para a teoria dele.

A ferramenta da EduQC faz essa seleção, de onde você está bem, onde não está e suas chances e o tempo que você levaria para ser aprovado em um concurso automaticamente. Seu funcionamento é dividido em quatro etapas:

  • Avaliação
  • Análise de chances em concursos
  • Estudo
  • Concurso e Aprovação

Conforme você acerta mais questões, o nível de dificuldade delas sobe. Além das suas dificuldades particulares, a EduQC ajuda a medir a carga de estudo necessária para você aprender tudo que precisa, dentro do seu tempo disponível de preparação e do peso das disciplinas no edital.

Assinantes da EduQC Concursos também têm acesso ilimitado ao Folha Questões. São mais de 600 mil questões de concurso público para você se preparar e simulados com questões inéditas produzidas pela Folha Dirigida.

Experimente estudar por questões para concurso com a EduQC!

Conheça a EduQC Concursos

Deixe um comentário